Cidades

Aumento da demanda reforça expectativas do setor cafeeiro

Minas Gerais é o maior produtor nacional de café, com mais de um milhão de hectares plantados

 

BH – A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) destacou ontem, a propósito das comemorações do “Dia Nacional do Café” (24), a expressiva participação do produto das lavouras mineiras no atendimento à demanda crescente do Brasil e do exterior. De acordo com o secretário Elmiro Nascimento, no ano passado, o consumo “per capita” de café torrado, no país, foi da ordem de 4,8 quilos, ou 81 litros da bebida. Este é o maior nível registrado em 45 anos.
Além disso, o cenário da produção mundial de café mostra um crescimento médio anual de 1,4%, e os estoques mundiais devem atender ao mercado por um período de dois meses e meio, no máximo. Portanto, segundo o secretário, existe uma grande margem para o aumento da produção no Brasil, e principalmente em Minas Gerais, que é o maior produtor do país. “O Estado tem condições de ampliar as vendas de café incluindo novos destinos para o produto”, diz o secretário.

LÍDER
Minas Gerais é o maior produtor nacional de café, com mais de um milhão de hectares plantados. Com produção estimada entre 26,6 milhões de sacas para 2012, o Estado responde por aproximadamente 52,7%% da safra brasileira. O café é o principal produto de exportação do agronegócio mineiro e foi vendido 74 países em 2011. As exportações do produto geraram no ano passado uma receita de US$ 5,8 bilhões para o Estado, um crescimento de 41,6% em relação a 2010.

Você também pode gostar