Cultura

As mulheres-damas do Bataclã

As meninas do Bataclã fazem dança sensual para os clientes, em Gabriela    (Foto: TV Globo/Raphael Dias)

 

No remake de Gabriela, próxima produção da Rede Globo, Emanuelle Araújo, Leona Cavalli, Nathália Rodrigues e Suyane Moreira são as atrizes que interpretam as funcionárias de tirar o fôlego do Bataclã, o prostíbulo de Ilhéus comandado por Maria Machadão (Ivete Sangalo).
Teodora, interpretada por Emanuelle, foge de casa depois de escapar de uma tentativa de estupro por parte do padastro. A jovem acaba no Bataclã e vira mulher-dama a convite de Maria Machadão. Leona Cavalli interpreta Zarolha, uma das jovens que trabalham no prostíbulo.
Nathália Rodrigues também interpreta uma mulher-dama, com um figurino especial, repleto de colares e pulseiras de pérolas. Suyane Moreira será Mara, amazonense desbocada e dona de uma beleza rústica, uma das funcionárias mais disputadas pelos coronéis de Ilhéus.
Com cheiro de cravo e cor de canela, a sensualidade da personagem principal é tão casual quanto ela. Gabriela é mulher alheia aos costumes da época, que vai colocar à prova sentimentos e questionamentos morais: amor, traição, ódio, rancor, perdão.
A nova versão de Gabriela é escrita por Walcyr Carrasco, com direção de núcleo de Roberto Talma e direção geral de Mauro Mendonça Filho.

Você também pode gostar