Esportes

Aperam fornece aço inox para o Castelão

A arena Plácido Castelo, o Castelão, primeira obra da Copa a ser entregue, teve a fachada inteiramente feita em chapas expandidas de aço inox

TIMÓTEO – No último domingo (16), foi inaugurado o primeiro estádio da Copa das Confederações e Copa do Mundo. Mas a arena Plácido Castelo, o Castelão, em Fortaleza, não chamou a atenção apenas por ser a primeira obra da Copa a ser entregue. Outro grande destaque é a fachada do estádio, inteiramente feita em chapas expandidas de aço inoxidável, fornecidos pela Aperam South America. A fachada do estádio apresenta chapas expandidas de inox fixadas entre 68 pilares, com 42 metros de altura.

O uso do material foi garantido pelo contrato fechado entre a Empresa e o consórcio responsável pela obra. No total, foram fornecidas 80 toneladas de aço K44 2B, transformadas em chapas expandidas pela Permetal, empresa especializada na fabricação de artefatos de metal estampados, como pias, rolhas metálicas etc.

USO
Além da armação externa, o inox também foi utilizado em guarda-corpos, corrimões das áreas VIP, sanitários e fechaduras do estádio. “Optamos pela durabilidade que o inox proporciona, fundamental para áreas como a fachada, que exigia um material resistente à corrosão, e pela sua aparência nobre, requisitada nos setores de hospitalidade”, comenta o arquiteto responsável pelo projeto, Ronald Fiedler. A grande quantidade de inox utilizada na obra transforma o estádio do Castelão em um marco arquitetônico. Isso, devido à beleza do projeto e sua contribuição para quebrar o paradigma da utilização de grandes quantidades de inox em construções.

ESTÁDIO NACIONAL

Aos olhos do torcedor comum, mais preocupado com o desempenho dos craques nos gramados, ele passará praticamente despercebido, mas o aço inoxidável da Aperam também será parte fundamental da construção de mais dois estádios presentes na competição da Fifa. Com capacidade para 72 mil pessoas, o palco da abertura, Estádio Nacional de Brasília, antigo Mané Garrincha, terá perfis de fixação dos vidros de segurança, peitoris da arquibancada, gradis e peças especiais da cobertura tensionada feitos de inox. “O material é de alta confiabilidade, atendendo não só as questões de segurança como as de estética e manutenção”, afirma o arquiteto do projeto, Vicente Castro Mello, que também valoriza a sustentabilidade do material: “sempre observamos a questão da manutenção e da vida útil dos componentes e o inox tem a grande vantagem de ser durável e 100% reciclável”, comenta.

MARACANÃ
No Rio de Janeiro, a modernização do Estádio Mário Filho, mundialmente conhecido como Maracanã, praticamente não produzirá alterações em sua fachada externa. Em compensação, a área interna será totalmente remodelada, incluindo corrimões, guarda-corpos, rampas e peças dos banheiros em inox. “A durabilidade e o fato de possuir um aspecto excelente, sem a necessidade de outros acabamentos, foram determinantes para nós. Mesmo não sendo a alternativa mais barata, é o melhor custo-benefício”, explica o arquiteto Daniel Fernandes, responsável pela obra.

APERAM

A Aperam South América é a única produtora integrada de aços planos inoxidáveis e elétricos da América Latina, além de contar com avançada tecnologia na produção de aços carbonos ligados. Amparada pelo desenvolvimento sustentável, a Empresa tem amplo portfólio de produtos para atender indústrias de óleo e gás, açúcar e álcool, utilidades domésticas, cutelaria, linha branca, construção civil, automotivos, arquitetura, saúde e alimentação.

Você também pode gostar