Nacionais

Aos gritos de “ACM voltou”, ACM Neto chora e toma posse

Durante o discurso de posse, ACM Neto lembrou das conversas com o avô


SALVADOR
– O deputado federal ACM Neto (DEM), 33, assumiu oficialmente a Prefeitura de Salvador na tarde desta terça-feira (1º). Prevista para as 15h30 (no horário de Brasília), a posse só aconteceu quase às 17h devido a uma grande confusão na Câmara Municipal.

Houve aglomeração, empurra-empurra e até troca de agressões entre pessoas que queriam ter acesso à cerimônia. Não houve credenciamento prévio para participar da posse e o local não tinha capacidade para acomodar tantas pessoas.
O evento encheu a Praça da Sé de parentes, assessores e moradores da cidade. O local fica próximo do Elevador Lacerda, um dos principais pontos turísticos da capital baiana. Além de ACM Neto, 43 vereadores e a vice-prefeita Célia Sacramento (PV) foram empossados.

Quando recebeu o diploma, o novo prefeito chorou e ouviu gritos de “ACM voltou”, repetindo as comemorações de 28 de outubro passado, quando ele ganhou o segundo turno da eleição contra Nelson Pelegrino (PT).
“Certa vez, conversando com meu avô [o ex-senador Antonio Carlos Magalhães, morto em 2007], ele me confessou que nunca se sentiu tão realizado como quando foi prefeito de Salvador. Ninguém pode negar que ele fez uma administração que foi um marco para essa cidade [nos anos 1960]”, disse ACM Neto em discurso nas escadarias do Palácio Tomé de Sousa, sede da prefeitura.

Você também pode gostar