Nacionais

AMVA e Usiminas fazem parceria para recuperar áreas degradadas

IPATINGA – As áreas degradadas e as estradas vicinais das cidades filiadas à Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Aço (AMVA) receberão agregado siderúrgico (escória) para recuperação e manutenção. Na próxima segunda-feira (16) será assinado convênio entre a entidade, a Usiminas e os municípios, no escritório central da empresa, em Ipatinga. O programa “Caminhos do Vale”, com forte cunho sócio-ambiental, ajudará a melhorar os mais de 7,7 mil km de vias rurais na área de abrangência da entidade.
O secretário Executivo da AMVA, Albson Alvarenga disse que a iniciativa da empresa “é louvável”, pois além de melhorar o acesso das comunidades rurais às áreas urbanas ainda permitirá o uso adequado do agregado siderúrgico para recuperar áreas danificadas e construir muros de contenção. “As conversações, iniciadas em 2015, culminaram neste importante convênio. Recuperar e manter estas áreas sempre foi muito difícil para as prefeituras. Com certeza, a maior beneficiada será a comunidade rural”, observou.

MATERIAL E TRANSPORTE

Pelo convênio, a Usiminas doará 400 mil toneladas do agregado e bancará o transporte (custo aproximado de R$ 5 milhões) até os pátios já licenciados em Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso, Timóteo, Marliéria, Belo Oriente, Mesquita, Iapu e Ipaba. “Emitiremos as notas fiscais para os municípios, distribuiremos e fiscalizaremos a aplicação do material. Por isso, só poderemos trabalhar com os municípios filiados à nossa entidade. Agradecemos à Usiminas pela confiança”, arrematou, lembrando que as prefeituras deverão se comprometer com ações de proteção ao meio ambiente.

Você também pode gostar